Postura, Rafael Moura e meio-campo: cinco coisas para prestar atenção no Botafogo contra o Remo, na Série B

0
71

Desafio à vista: o Botafogo entra em campo, neste sábado, para enfrentar o Remo pela 23ª rodada da Série B do Brasileirão, no Baenão, às 19h30. Se vencer, pode terminar a rodada na 3ª posição; se for superado, pode cair até para a 6ª colocação.

Em uma partida crucial para se confirmar no G4, a equipe comandada por Enderson Moreira terá importantes mudanças no time. O LANCE! separou cinco pontos para prestar atenção no Botafogo.

Ataque: Rafael Navarro, jogador com mais participações em gols na Série B, está suspenso. O substituto natural é Rafael Moura, que deve fazer o primeiro jogo como titular pelo Botafogo. A característica da equipe muda, já que He-Man, diferente do camisa 9, é mais pivô e não tanto jogador para recuar e sair da área para participar.

Comportamento: o Botafogo que vai até Belém é o que venceu o Coritiba no Couto Pereira ou o que fez campanha de luta contra o Z4 como visitante no primeiro turno? A partida também vai servir como uma confirmação de como será a postura do Alvinegro longe do Rio de Janeiro.

Luiz Henrique e Carlinhos: contratados recentemente, a dupla oriunda do Fortaleza já está relacionada. Os dois devem iniciar o jogo do banco, mas são opções interessantes com o que o jogo pode se desenrolar.

Meio-campo: o Remo atua com Felipe Gedoz, meia de origem, como falso 9. A movimentação é uma das chaves da equipe, que fica sem um atleta fixo entre a defesa. O duelo no meio para tentar recuperar a bola e tentar tirar a referência da equipe paraense será fundamental para o Botafogo ganhar campo e criar jogadas.

Chay: sem Navarro, como o camisa 14 vai se comportar ao lado de um atacante de mais referência na área? O meio-campista tem sido marcante justamente pela movimentação que entrega no terço final. A ver como vai se mexer diante da mudança no setor ofensivo.

Fonte: UOL

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui