Rafael se declara ao Botafogo e deseja jogar no clube em 2021: ‘Quero me aposentar lá’

0
443

O lateral-direito Rafael, atualmente jogador do Lyon-FRA, nunca escondeu seu amor pelo Botafogo e revelou seus planos de encerrar a carreira no clube de coração. Em entrevista ao ‘UOL’, o jogador de 29 anos se declarou ao Glorioso e afirmou que não teme fechar portas no mercado da bola por, como ele mesmo ressalta, estar sendo verdadeiro.

– Se eu estiver bem no Botafogo, vou querer me aposentar lá. Pode ter certeza que, a partir do momento que voltar ao Brasil, não vou querer voltar para a Europa. Isso eu garanto. Por isso que falo que quero pensar. Porque, a partir do momento que voltar, quero que seja definitivo. Encerrar no Botafogo é o meu pensamento – disse Rafael. 

– Não tem por que eu mentir. Muita gente me critica por eu falar abertamente desse amor pelo Botafogo: ‘Por que você faz isso? Você está fechando outras portas’. Cara, eu faço porque é o meu desejo. Se vou jogar no Botafogo, só Deus sabe. É meu desejo e do clube, que já entrou em contato comigo. É deixar acontecer. Se estou fechando porta, eu não sei. Meu desejo está sendo falado e não vou mentir sobre isso – acrescentou o lateral. 

Rafael também revelou que teve contatos iniciais com a diretoria do Botafogo. Porém, o jogador mantém a cautela sobre o assunto e lembra que ainda tem contrato com o Lyon até 2021. 

– Não tem nada avançado. Eles nem podem falar de contrato enquanto sou jogador do Lyon. É até proibido, acho. Não foi nada de falar de contrato. Perguntaram apenas minha situação no Lyon, quais eram meus desejos se as entrevistas que dei falando sobre voltar eram verdadeiras. Já conhecia algumas pessoas do Botafogo há quatro anos. Esse contato é muito legal – disse Rafael. 

– Já vi o pessoal falando que não precisaria mais de lateral-direito porque em janeiro o Rafael está chegando. Se eu for mesmo para o Botafogo, que é meu desejo, só chegaria em junho. O Brasileiro começa antes disso. Até então, temos que ficar ligado nisso aí – completou. 

A realidade financeira do Botafogo foi outro ponto debatido durante a entrevista. Rafael garantiu que a questão salarial não será um problema e que vai buscar uma solução que ‘ficaria boa para as duas partes’. 

– Não seria fora da realidade do Botafogo. Para falar a verdade, não sei qual é a realidade de momento. Mas sentaria para conversar e acertaria para ficar bom para os dois. Estou há muito tempo na Europa e, graças a Deus, consegui fazer um pezinho de meia bom. Sabemos que o jogador aposenta cedo então temos que pensar nesse outro lado também. Pode ter certeza que não vou voltar para o Brasil para pegar o dinheiro do Botafogo todo. Nunca vou fazer isso. Mas é uma coisa que ficaria boa para as duas partes. Não sei qual é o teto salarial do clube, tem a questão do clube-empresa. Enfim, temos que pensar em algo bom para os dois – finalizou o lateral.

Fonte: Lance

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui