Rival: Daniel Alves é desfalque, e aproveitamento do São Paulo despenca sem o capitão

    0
    47

    Daniel Alves é desfalque certo do São Paulo para o duelo da próxima quarta (9), contra o Botafogo, em partida adiada da 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.

    Jogador mais experiente do elenco, o meio-campista é figura importante no esquema do técnico Fernando Diniz, e não só por conta de seu currículo extraordinário. Afinal, há uma diferença clara no rendimento do São Paulo quando ele joga -o time tem um aproveitamento de 62,2% dos pontos disputados na temporada. Quando o camisa 10 está ausente, o número cai para 50%.


    Desde o início do ano, o capitão são-paulino tem atuado o máximo possível, tendo sido substituído em apenas dois jogos (um por lesão, contra o Athletico-PR; e outro quando a equipe já goleava o Binacional-PER, pela Copa Libertadores). Com o meio-campista em ação, o time de Diniz fez 38 partidas, tendo vencido 20 jogos, empatado 11 e sido derrotado em sete oportunidades.

    Os números são expressivos

    O capitão do São Paulo só ficou fora de dez jogos em toda a temporada, e nunca por opção técnica. Sem ele, o desempenho cai para metade dos pontos disputados, sendo quatro vitórias, três empates e outras três derrotas.
    Todas as ausências foram motivadas por lesão, suspensão ou para evitar a fadiga muscular na maratona de partidas.

    No Paulistão, por exemplo, o meio-campista não atuou contra o Botafogo-SP e Guarani, já que Fernando Diniz escalou uma equipe recheada de garotos e poupou os titulares.

    No entanto, o que mais prejudicou o astro são-paulino ao longo da temporada foi a lesão no antebraço direito, sofrida no dia 26 de agosto após dividida no confronto com o Athletico-PR. Daniel Alves precisou ser operado, colocar uma placa de correção na região afetada e desfalcou o Tricolor em sete partidas consecutivas, cinco pelo Brasileirão e outras duas pela Copa Libertadores.

    Na próxima quarta, o Tricolor encara o Botafogo, no Morumbi, podendo garantir o título simbólico do primeiro turno do Brasileirão e não terá o camisa 10 em campo, já que recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Sport, neste domingo (6), e não tem condições de jogo. A vaga deve ser ocupada por Hernanes, Tchê Tchê, Rodrigo Nestor ou até mesmo Vitor Bueno.

    Fonte: UOL

    FalaGlorioso.Club | Loja com mais de 100 Produtos do Botafogo. Acesse!

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui