Rival: Jemerson e Marllon brigam por vaga de Bruno Méndez no Corinthians

    0
    56

    O Corinthians terá um desfalque certo na equipe titular contra o Botafogo, no próximo domingo, no Nilton Santos, pela 27ª rodada do Brasileirão-2020. Trata-se de Bruno Méndez, que levou o terceiro amarelo e está suspenso. Dessa forma, dois nomes brigam pela vaga deixada pelo uruguaio: Jemerson, que pode estrear, e Marllon, que pode retomar a posição.

    Em relação ao time que venceu o Goiás na última segunda-feira, Bruno deve ser o único ausente confirmado, já que Cássio, apesar de ter poucas chances de entrar em campo, ainda não foi descartado pelo clube e se tiver que ser substituído, já se sabe que o escolhido será Walter, o reserva imediato da posição. Dilema mesmo viverá o técnico para montar a zaga titular do Timão.

    Ao contrário do que acontecia no início de outubro, quando havia uma escassez de zagueiros no elenco, hoje Vagner Mancini tem um bom leque de opções para a posição, sendo que duas delas estão prontas para vestir a camisa, entrar e jogar, contando com a confiança da torcida e da comissão técnica para o setor mais ajustado desde a chegada do treinador corintiano.

    Mas quanto mais opções, mais dúvidas, e por ter dois zagueiros na mesma condição, Mancini terá que optar pelos detalhes para escolher quem será o titular contra o Botafogo, além de, claro, como cada um vai se portar nos treinamentos coletivos até o dia da partida. O mais provável, no entanto, é que ele deve seguir dois critérios: o melhor preparo físico e a “justiça”.

    – Falei sobre Jemerson após o jogo contra o São Paulo. Chegou e ganhou forma e condição de jogo. Faria a entrada dele, mas ele teve Covid-19, ficou 15 dias fora. Para tirar 15 dias após a reestruturação física não é fácil. Sentiu um pouco. Agora está retomando o caminho. Não está na minha cabeça, com Bruno e Marllon, não é o momento. Tenho que ser justo o suficiente, embora Jemerson tenha chegado com status. Bruno vem cumprindo bem a função. Jemerson precisa de mais treinamento – disse Mancini em coletiva no último sábado.

    Pela indicação do comandante alvinegro, o escolhido deve ser Marllon, que vinha sendo titular (e correspondendo) até ser expulso diante do Grêmio, pelo Brasileirão. Depois, ele ainda entrou desde o início contra o Fortaleza, quando Bruno Méndez estava suspenso pelo STJD. Ao todo, Marllon foi titular em nove dos 13 jogos com Mancini. Nas últimas partidas (São Paulo e Goiás) ele acabou perdendo a vaga para o uruguaio, mas ainda assim seria o segundo da lista.

    E essa ordem de preferência, por ora, parece não ter muito a ver com potencial ou futebol jogado dentro de campo, mas sim com a condição física de cada um. Neste momento, Marllon está à frente de Jemerson que, como disse Mancini na aspa acima, ainda necessita de algum período de treino para superar o tempo parado por causa da Covid-19 e pela longa inatividade, já que não disputa uma partida oficial desde 28 de janeiro deste ano, pelo Monaco.

    Vagner Mancini terá ainda três treinamentos para definir quem será, de fato, o substituto de Bruno Méndez contra o Botafogo, mas pelos fatores apresentados anteriormente, a tendência é que Marllon volte a ser titular, pelo menos para enfrentar o Botafogo. Jemerson deve ficar no banco de reservas outra vez, aguardando a oportunidade de estrear pelo clube ainda em 2020.

    Botafogo e Corinthians se enfrentam neste domingo, às 16h, no Nilton Santos, pela 27ª rodada do Brasileirão-2020. Atualmente, o Timão ocupa a nona posição na tabela com 36 pontos, cinco atrás do primeiro clube no G6.

    Fonte: Lance

    FalaGlorioso.Club | Loja com mais de 100 Produtos do Botafogo. Acesse!

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui