Rival: Ponte Preta se reapresenta com pendência salarial em pauta entre diretoria e elenco

    0
    60

    O elenco da Ponte Preta se reapresentou nesta quarta-feira, quando deu início à preparação para enfrentar o Botafogo, no domingo, com treinos em dois períodos (manhã e tarde) no CT do Jardim Eulina.

    Além dos trabalhos em campo, a semana começou com uma situação de bastidores em pauta: pendência salarial. Serão dois meses de atraso de CLT e também de direito de imagem se o pagamento não for realizado até sexta-feira.

    As partes têm conversado para que o problema não afete o dia a dia, e um novo prazo foi estabelecido para uma solução. A diretoria ficou de dar uma posição até sábado sobre a possibilidade de sanar a dívida.

    Até lá, a cúpula busca recursos para arcar com os compromissos e evitar que a situação saia do controle, como foi na última Série B, quando os jogadores chegaram a ficar um dia sem treinar em protesto e também fizeram uma greve de silêncio, sem dar entrevistas.

    A expectativa é que o time entre em campo no domingo com a garantia de que o dinheiro (parte do que está em aberto ou a totalidade) seja depositado no início da semana.

    Para o duelo contra o Botafogo, a equipe já tem uma mudança certa entre os titulares. Com a expulsão de Cleylton no segundo tempo do empate por 1 a 1 com o CRB, a tendência é que Rayan fique com a vaga – foi ele o escolhido para recompor a zaga em Maceió.https://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

    O técnico Gilson Kleina também vai ter a opção do atacante Iago, regularizado na última terça-feira, além do volante Léo Naldi, que já treina normalmente com elenco. Ele está recuperado de uma artroscopia no joelho direito para corrigir uma lesão de menisco e não atua desde 11 de junho.

    Outro que também já trabalha sem restrições é o goleiro Ygor Vinhas após tratar de uma bursite no joelho. Já o zagueiro Ednei (dores na coxa) e o volante Lucas Cândido (desconforto muscular) continuam sob os cuidados do departamento médico, enquanto o meia Thalles está em processo de transição física após um problema muscular na coxa direita.

    O duelo com o Botafogo está marcado para as 20h30 de domingo, no Engenhão. Sem perder há dois jogos (uma vitória e um empate), a Macaca deixou a zona de rebaixamento após 11 rodadas.

    Tem os mesmos 13 pontos de Londrina e Cruzeiro, mas fica na 16ª colocação por levar vantagem no saldo de gols: -4, contra -5 do Londrina e -7 do Cruzeiro.

    Fonte: ge

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui