Ruim? A pior escalação do Botafogo no século XXI

0
59

Botafogo encara uma severa crise financeira há muitos anos. Sem maior poder de investimento e cheio de problemas dentro e fora de campo, o Glorioso penou em contratações e em diversas temporadas precisou lutar para sobreviver com uma equipe tecnicamente não tão boa – os três rebaixamentos para a Série B do Campeonato Brasileiro no século solidificam essa tese. 

Com isso mente, o 90min Brasil e a página Manual do Jogador Ruim decidiram montar um XI ideal combinado dos piores jogadores que defenderam o Alvinegro Carioca do começo do século até hoje. Confira:

Goleiro

1. Castillo

Castillo não deu muito sorte no Botafogo. | JUAN MABROMATA/Getty Images
Castillo não deu muito sorte no Botafogo. | JUAN MABROMATA/Getty Images

Figura bastante conhecida na América do Sul, Castillo chegou com moral ao Botafogo em 2008. À época, o goleiro da Seleção do Uruguai desembarcou no Rio de Janeiro com o status de “salvador” da meta do Alvinegro, mas isso não aconteceu. Ao longo de sua passagem em General Severiano, ele acumulou falhas, frangos e erros estranhos.

Laterais

2. John Lennon

Nome famoso, mas pouca bola para John Lennon no Botafogo. | MB Media/Getty Images
Nome famoso, mas pouca bola para John Lennon no Botafogo. | MB Media/Getty Images

Com nome de superestrela, mas sem um futebol aceitável, o lateral-direito John Lennon não conseguiu emplacar no Botafogo. O atleta chegou ao Fogão em 2012, mas não se encontrou e logo foi cedido por empréstimo ao Atlético-GO. Hoje, aos 29 anos, ele defende o Caxias.

3. Oziel

Oziel também jogou no Ceará, Cabofriense, dentre outros. | Buda Mendes/Getty Images
Oziel também jogou no Ceará, Cabofriense, dentre outros. | Buda Mendes/Getty Images

Com capacidade para atuar no meio de campo e na lateral, Oziel surgiu na Cabofriense e chegou por empréstimo ao Botafogo em 2005. Contratado por indicação de PC Gusmão, o atleta não deixou boas lembranças aos torcedores.

Zagueiros

4. Odvan

O "zagueiro-zagueiro" fez história no Vasco, mas no Botafogo... | ANTONIO SCORZA/Getty Images
O “zagueiro-zagueiro” fez história no Vasco, mas no Botafogo… | ANTONIO SCORZA/Getty Images

Ídolo do Vasco, Odvan foi contratado pelo Botafogo em 2002 e a expectativa era enorme, assim como foi a decepção. O veterano não foi bem e ainda participou da campanha do primeiro rebaixamento do Glorioso para a Série B.

Márcio Rosário, o Caveirão

Zagueiro atabalhoado, que não deixou saudades no Glorioso. | Buda Mendes/Getty Images
Zagueiro atabalhoado, que não deixou saudades no Glorioso. | Buda Mendes/Getty Images

O apelido amedrontava, mas o futebol… Márcio Rosário, o popular Caveirão, fechou com o Botafogo em 2010 para ser uma peça importante na zaga, mas essa projeção não se confirmou. O zagueiro foi dispensado no ano seguinte após reclamar em rede social por querer mais espaço.

Meio-campistas

6. Rodrigo Souto

Rodrigo Souto foi muito criticado no Botafogo. | Pedro Vilela/Getty Images
Rodrigo Souto foi muito criticado no Botafogo. | Pedro Vilela/Getty Images

O Botafogo viveu um de seus piores anos em 2014, quando foi rebaixado pela segunda vez para a Série B do Campeonato Brasileiro. E lá estava Rodrigo Souto. O volante acumulou inúmeras atuações ruins no clube.

7. Fahel

Fahel não deixou boas lembranças na torcida do Glorioso. | Buda Mendes/Getty Images
Fahel não deixou boas lembranças na torcida do Glorioso. | Buda Mendes/Getty Images

Muito esforçado e trabalhador, mas com um futebol sofrível aos olhos da Nação Alvinegra: Fahel. O meio-campista era um dos mais criticados do Glorioso no começo da década passada (2009/11). Um atleta que não deixou saudades no Nilton Santos.

8. Esquerdinha

SOC-LIBERTADORES-PALMEIRAS-S.CAETANO-4 | MAURICIO LIMA/Getty Images
SOC-LIBERTADORES-PALMEIRAS-S.CAETANO-4 | MAURICIO LIMA/Getty Images

Personagem importante para o São Caetano na década de 1990, Esquerdinha chegou ao Botafogo após passar pela Seleção Brasileira e ter o seu nome rodado em todo o país. Porém, no Glorioso, onde atuou no começo dos anos 2000, o meia-atacante não correspondeu e decepção a todos que esperavam ver um bom futebol.

9. Delani

Quem se lembra do "primo do Kaká"? Eduardo Delani jogou no Botafogo em 2004. | DANIEL MIHAILESCU/Getty Images
Quem se lembra do “primo do Kaká”? Eduardo Delani jogou no Botafogo em 2004. | DANIEL MIHAILESCU/Getty Images

Primo do renomado Kaká, Eduardo Delani não “puxou” ao ex-São Paulo, Real Madrid, Milan e Seleção Brasileira. Promissor, o meia-atacante chegou ao Botafogo para estourar em 2004, mas isso não aconteceu. Desengonçado e sem os meios recursos do parente, ele não teve uma vida longa no clube.

Atacantes

10. Escalada

Uma das contratações mais decepcionantes da história do Fogão. | SANTIAGO ARMAS/Getty Images
Uma das contratações mais decepcionantes da história do Fogão. | SANTIAGO ARMAS/Getty Images

Lembra dele? Cheio de moral no Equador, Escalada desembarcou (acima do peso) no Brasil para ser uma referência ofensiva no Botafogo, mas, no fim, sua passagem pelo Rio foi curta e desastrosa. Ao todo, ele disputou três partidas, não marcou nenhum gol e ainda virou alvo de “resenhas”.

11. Leandro Zárate

Leandro Zárate lutou contra a balança durante o tempo de Alvinegro. E não foi nada bem... | André Mourão/Agif/Gazeta Press
Leandro Zárate lutou contra a balança durante o tempo de Alvinegro. E não foi nada bem… | André Mourão/Agif/Gazeta Press

Contratado para ser o homem-gol do Botafogo em 2008, Zárate surpreendeu pelas dificuldades de se manter em forma durante o período em que esteve em General Severiano. No todo, viveu mais no departamento médico do que dentro das quatro linhas.

Fonte: 90min

<!– wp:heading –>

<h2>GIRO DE NOTÍCIAS AO VIVO | SE INSCREVA NO CANAL E VENHA PARTICIPAR ENVIANDO AS SUAS MENSAGENS</h2>

<!– /wp:heading –>

<!– wp:html –>

<iframe width=”760″ height=”515″ src=”https://www.youtube.com/embed/oHeOReEW83g” title=”YouTube video player” frameborder=”0″ allow=”accelerometer; autoplay; clipboard-write; encrypted-media; gyroscope; picture-in-picture” allowfullscreen=””></iframe>

<!– /wp:html –>

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui