Saiba mais sobre Aida dos Santos, atleta que ganhou Busto em General Severiano

0
115

Aida dos Santos, um dos ícones do atletismo brasileiro, foi homenageada por sua carreira. Na quinta-feira (1/7), foi inaugurado um busto em bronze da atleta, quarta colocada nos Jogos Olímpicos de Tóquio-1964, em General Severiano, no Rio de Janeiro, sede social do Botafogo, clube que ela defendeu
Aida dos Santos foi a única representante do sexo feminino nos Jogos 0límpicos de Tóquio-1964. Viajou sem o seu técnico, Ailton da Conceição, sem material apropriado, sem uniforme, como os demais atletas da delegação brasileira. Mesmo assim, com ajuda de equipes estrangeiras, como de Cuba, que lhe deu assistência médica, conseguiu a quarta colocação na prova do salto em altura, com a marca de 1,74 m, melhor resultado em Olimpíadas até a disputa dos Jogos de Atlanta-1996.
Aida, hoje com 84 anos, ainda vive em Niterói, onde começou no esporte, foi à primeira mulher finalista em Jogos Olímpicos e na época a marca constituiu-se recordes brasileiro e sul-americano na prova.
No Botafogo, Aida dos Santos Menezes também fez história no vôlei. Foi campeã e destaque nas décadas de 60 e 70. É mãe de Valeskinha, bicampeã olímpica de vôlei.
Para manter-se competitiva na carreira fez faxina, lavou, passou e engomou roupas. Formou-se em Educação Física, Pedagogia, Geografia e lecionou. Aida foi ainda aos Jogos do México-1968. No pentatlo, conjunto de cinco provas do atletismo, ganhou as medalhas de bronze nos Jogos Pan-Americanos de Winnipeg-1967 e de Cáli-1971.

Fonte: Surto Olímpico

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui