Saída de Cascardo e mais 2 deixam geram economia de R$ 125 mil por mês; ‘barca’ deve aumentar

0
2822

Botafogo segue passando por mudanças no seu elenco em meio ao início da disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. Enquanto busca alternativas no mercado da bola para qualificar o grupo de trabalho de Marcelo Chamusca, a diretoria também se movimenta para definir os destinos de atletas que não integram o planejamento do comandante para a sequência da temporada 2021. 

Nos últimos dias, o Glorioso confirmou as despedidas de três jogadores e ganhou “fôlego” em sua folha mensal de pagamentos para realizar novas contratações. De acordo com levantamento do jornalista Wellington Arruda, as saídasde Gustavo CascardoLuiz Otávio e Kevin representa uma economia de R$ 125 mil por mês ao clube. 

Os dois primeiros da lista chegaram ao último dia de contrato com o Botafogo e não foram procurados para renovar, enquanto Kevin foi confirmado como reforço da Ponte Preta. O jogador que menos recebeu chances foi Cascardo, que chegou em setembro de 2020 do Athletico-PR e entrou em apenas um jogo do Brasileirão. 

Luiz Otávio, que chegou a ser titular seis vezes com Chamusca nesta temporada, convivia com críticas da torcida e foi devolvido à Tombense, de Minas Gerais – ele interessa a equipes da Série B. Já Kevin, que tinha contrato até dezembro e pertence ao mesmo clube mineiro do ex-companheiro, vai atuar na Ponte Preta depois de 39 partidas com a camisa alvinegra. 

Além do trio, a “barca” do Botafogo pode aumentarem breve com mais quatro jogadores, conforme a reportagem do portal “FogãoNet”. O técnico Marcelo Chamusca já indiciou que não conta com o lateral-direito Barrandeguy e os atacantes Lecaros Rhuan. Emprestado ao Real Brasília até 30 de junho, o meia Davi Araújo também não integra o planejamento. 

Fonte: BolaVip

SE INSCREVA E VENHA PARTICIPAR AO VIVO DO NOSSO BATE PAPO TRAZENDO TODAS AS NOTÍCIASI DO BOTAFOGO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui