Sem máscaras, comitiva do Botafogo agradece a Jair Bolsonaro a aprovação do projeto do clube-empresa

0
36

Após a sanção da lei que estabelece regras para transformação de clubes de futebol em empresas, o presidente do Botafogo, Durcesio Mello, se reuniu com Jair Bolsonaro na manhã desta quarta-feira. Representantes do clube alvinegro foram a Brasília agradecer ao presidente a aprovação do projeto (veja no vídeo acima).

– Estou muito honrado e feliz em poder ter colaborado com uma lei que vai ajudar a mexer com o futebol de todo o Brasil. O Botafogo é um time que está no coração de todos nós, em especial dos mais idosos, que acompanharam os bons tempos do nosso Botafogo, que fornecia craques para a Seleção. É um trabalho de muita gente, fico feliz de poder servir. Se Deus quiser o Botafogo vai ter bons momentos pela frente na primeira divisão, que é o lugar dele – disse Bolsonaro.

A comitiva alvinegra e a equipe do presidente do Brasil aparecem sem máscaras nas imagens. O clube reforçou que a “futura sanção do projeto na íntegra seria fundamental não somente pelo aspecto da segurança jurídica como também da captação de recursos”. O Botafogo teve, recentemente, o projeto de transformação do clube em empresa aprovado pelo Conselho Deliberativo.

Durcesio entregou a Bolsonaro materiais esportivos do Botafogo e um quadro de Mané Garrincha em um fundo verde e amarelo com a seguinte dedicatória (lida pelo presidente alvinegro):

– O Botafogo de Futebol e Regatas, na pessoa do maior ídolo da nossa história, Mané Garrincha, o maior driblador do futebol brasileiro, vem homenagear e agradecer ao presidente do Brasil e torcedor botafoguense Jair Bolsonaro seu apoio incondicional ao Marco Legal do clube-empresa, sociedade anônima do futebol.

– A Estrela Solitária, sempre presente na história das glórias do futebol brasileiro, ressurgirá com mais luz e força, mantendo a chama da paixão que arde no coração dos torcedores. O Botafogo e o futebol brasileiro agradecem por esse legado. Saudações alvinegras.

Jair Bolsonaro e Durcesio Mello — Foto: Reprodução

Jair Bolsonaro e Durcesio Mello — Foto: Reprodução

Participaram do encontro Marcelo Magalhães, Secretário Especial do Esporte do Ministério da Cidadania; Ronaldo Lima dos Santos, Secretário Nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor do Ministério da Cidadania; e Thiago Fróes, Autoridade Pública de Governança do Futebol, da Secretaria Nacional de Futebol e Defesa dos Diretos do Torcedor, da Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania.

Além do presidente Durcesio Mello, foram a Brasília Joao Pedro Figueira e Frederico Bastos de Carvalho Filho, representantes do Conselho Deliberativo, e Jose Arthur Diniz Borges, consultor especial da presidência do Botafogo. A comitiva aproveitou o encontro para homenagear não só Jair Bolsonaro, como também seus filhos, o deputado federal Eduardo Bolsonaro e o vereador Carlos Bolsonaro.

– Queria agradecer ao presidente por nos receber, e também homenagear a nossa ministra Flávia Arruda (ministra da Secretaria de Governo), botafoguense, e os dois filhos do presidente da República, tanto Eduardo quanto Carlos são botafoguenses. Eu digo que o Botafogo é o segundo time de todos nós que gostamos de futebol – afirmou Jose Arthur.

Por meia da assessoria, o Botafogo informou o seguinte:

“O Presidente Durcesio Mello se reuniu no final da manhã desta quarta-feira, em Brasília, com o Presidente da República Jair Bolsonaro. Na ocasião, Durcesio reiterou a importância de que o projeto do clube-empresa — Sociedade Anônima de Futebol (SAF) — seja mantido no forma apresentada pelo Projeto de Lei 5516/19, de autoria do Presidente do Senado Rodrigo Pacheco e relatado pelo senador Carlos Portinho. Na última segunda-feira, Bolsonaro sancionou a lei, mas com vetos à proposta original.

Durcesio apresentou o posicionamento do Clube de defesa integral ao que havia sido deliberado no Congresso”.

Fonte: ge

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui