Semana será de reuniões no Botafogo, e diretoria planeja conversa com jogadores

0
72

A reunião da última segunda-feira foi apenas a primeira de muitas que o Botafogo vai fazer ao longo dos próximos dias. Nesta terça, Eduardo Barroca e o presidente Durcesio Mello voltarão a falar sobre o futuro do clube e as pretensões do técnico. A temporada 2021 já começou em General Severiano. 

Barroca quer continuar no Botafogo e ajudar o clube a planejar a temporada que começa em 28 de fevereiro, mas essa conversa ainda não ganhou corpo. A tendência é que treinador e presidente falem sobre o assunto nesta terça. 

A diretoria garante Barroca até o fim do Brasileirão, mas ainda não consegue dizer se esse prazo será estendido. O Botafogo conversa, no momento, com alguns nomes para assumir a direção do futebol. A expectativa é que o novo diretor chegue na próxima semana e participe das definições do futuro. 

Mas essa definição não pode demorar muito a acontecer. A direção e o próprio Barroca sabem que uma mudança definida somente ao fim do campeonato não dará tempo suficiente a um novo comandante para iniciar o calendário menos de uma semana depois. 

A conversa desta terça é fundamental. Sem a confiança da diretoria, o treinador pode não aceitar permanecer e terá dificuldade para ajudar a pensar no futuro, que inclui a montagem do elenco. Postergar essa decisão não é saudável para o Botafogo.

Contratado no final de novembro passado, Eduardo Barroca ainda não conseguiu dar identidade ao time, testou formações diferentes e tem um aproveitamento de 14,28%, com seis derrotas e apenas uma vitória. A direção não vê o treinador como culpado, e Durcesio acredita no trabalho a longo prazo. 

Um dos pontos positivos do trabalho de Barroca é a relação com o elenco. O treinador tem o respaldo dos jogadores, conhece o grupo e também está insatisfeito com o comportamento de alguns atletas. No primeiro momento, ele conseguiu agitar o ambiente interno, mas o ânimo não se manteve. 

Indefinição: Eduardo Barroca não sabe se fica para a temporada 2021 — Foto: Vitor Silva/Botafogo

Indefinição: Eduardo Barroca não sabe se fica para a temporada 2021 — Foto: Vitor Silva/Botafogo 

“Limpa” no elenco

O ge apurou que um dos primeiros tópicos a ser definido é a situação do elenco. Comissão técnica e diretoria entendem que muitos jogadores não permanecerão no Botafogo para 2021. Oito dos 35 atletas do profissional têm contrato terminando em fevereiro. Outros dois têm cláusulas que podem definir suas saídas ao fim do Campeonato Brasileiro. 

Jogadores com contrato até fevereiro de 2021:

  • Angulo
  • Guilherme Santos
  • Helerson
  • Kelvin
  • Lucas Campos
  • Luiz Otávio
  • Saulo 
  • Victor Luis
  • Cícero e Kalou*

* O contrato de Cícero prevê cláusula de renovação automática até dezembro de 2021, e o clube encaminhou acordo com os representantes do volante para que tal cláusula passe a valer somente ao final da temporada. Uma queda para a Série B pode decretar a saída do veterano.

Já o acordo entre Botafogo e Kalou prevê que, ao fim do Brasileirão, tanto o clube quanto o atacante podem optar pelo fim do vínculo. A tendência é que o marfinense não fique.

Quem também tem vínculo encerrando no fim de fevereiro é o volante Romildo, que fez sua estreia pelo Botafogo no último domingo. O jovem de 20 anos não está integrado ao profissional. 

A vontade é que outros acordos sejam feitos para diminuir o elenco e trabalhar com um grupo que se encaixe na realidade financeira do Botafogo, além da necessidade de formar um time competitivo. Mas a direção terá que cumprir os compromissos firmados antes e pagar o preço do planejamento falho feito para a temporada 2020. 

Atritos internos, como a falta de vontade e acomodação de alguns jogadores frente à situação conturbada da equipe, provocaram incômodo e também serão levados em conta. 

Durcesio vai chamar alguns jogadores para conversar em particular nos próximos dias. A intenção é saber do comprometimento daqueles que não se comportam como pede o momento.

Alguns jogadores têm mercado e podem ainda gerar algum retorno financeiro. Passa pelo planejamento as negociações de atletas que têm contrato mais longo com o clube. Um dinheiro que pode pintar nos cofres em breve é referente à venda de João Paulo. 

O Botafogo aguarda até o dia 15 deste mês uma decisão do Seattle Sounders, dos Estados Unidos, sobre renovar com João Paulo por mais dois anos. Com isso, o clube norte-americano deve depositar mais US$ 1,2 milhão (cerca de R$ 6 milhões), como foi acordado entre as partes ainda em 2020. 

Sem tempo a perder

As ações traçadas por comissão técnica e diretoria precisam ganhar vida já. Ao fim do Brasileirão, no dia 24 de fevereiro, o Botafogo não terá tempo para começar um planejamento, porque o Campeonato Carioca de 2021 começa quatro dias depois. 

Por isso a cobrança de Eduardo Barroca para iniciar logo o planejamento, independentemente da divisão que o time disputará. Hoje, a Série B é uma realidade muito próxima e, se confirmada, vai reduzir as receitas de um Botafogo já castigado financeiramente. Não há tempo a perder.

ASSISTA O DEPOIMENTO | DEIXE SEU LIKE E SE INSCREVA NO CANAL!

Fonte: ge

FalaGlorioso.Club | Loja com mais de 100 Produtos do Botafogo. Acesse!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui