Será que os chamados grandes clubes vão botar medo na concorrência da Série B?

0
42

É voz uníssona de que a Série B do Campeonato Brasileiro, que se avizinha, será uma das mais concorridas de todos os tempos.

Será?

A grosso modo, sim. Pra quem olha Vasco, Botafogo (RJ), Cruzeiro, Goiás e Coritiba se assusta e logo projeta Guarani e Ponte Preta apenas com campanhas de manutenção.

Será?

Sim, aparentemente os clubes de Campinas passam longe da condição de protagonistas, mas alguém parou pra dar espiada como os concorrentes diretos se arrumaram para a competição?

Então vamos lá.

BOTAFOGO (RJ)

Lembram-se do lateral-direito Kevin, 23 anos de idade, que passou pelo Guarani em 2018?

Pois está no Botafogo (RJ). Lá também joga o apenas fogoso lateral-esquerdo Guilherme Santos, que em 2019 passou pelo Paraná Clube.

Meia Ricardinho, de elogiada passagem pelo Ceará, também integra o elenco, mas já carrega o peso de 35 anos de idade nas costas.

Acrescente, entre outros, no elenco comandado pelo treinador Marcelo Chamusca, o bom goleiro Gatito Fernandez, rápido atacante Ronald vindo do Botafogo de Ribeirão Preto, e meia Matheus Frizzo, que teve atuação recomendável pelo Vitória na temporada passada, foi elogiado neste espaço, sem que dirigentes dos clubes de Campinas tomassem conhecimento.

Como o dinheiro anda curto no Botafogo carioca, uma das opções foi contratar o atacante Chay, 30 anos, da Portuguesa carioca, assim como cogita-se chegadas do centroavante Rafael Moura, 38 anos, e volante Ariel Cabral, ex-Cruzeiro, 33 anos.

VASCO

Treinador vascaíno é Marcelo Cabo, de efêmera passagem pelo Guarani década passada.

Afora o goleiro Vanderlei, zagueiro Leandro Castán, meia Marquinhos Gabriel e atacantes Morato e Germán Cano, quem mais você conhece no elenco do Vasco?

De certo você não viu falar do meio-campista Laranjeira?

Muito menos dos laterais Zeca, Léo Matos, Galvão e Cayo Tenório?

Vagamente alguns devem se lembrar do volante Michel, que jogou no Grêmio.

CRUZEIRO

Treinador Felipe Conceição sacudiu a roseira no Cruzeiro.

No site oficial do clube não consta a dupla de zaga anterior, formada por Manoel e Cacá.

Assim, abriram espaço para Eduardo Brock, Paulo, Ramon e Weverton nas posições.

Por lá continuam o goleiro Fábio, laterais Raul Cácere e Matheus Pereira, volante Henrique e atacantes Airton, Marcelo Moreno, Rafael Sóbis e Pottker.

Se foi válida a contratação do rápido atacante de beirada Bruno José, não se justifica o clube ter buscado no América Mineiro o instável atacante Felipe Augusto.

Sabiamente o time foi reforçado desde o início do estadual com a vinda do meia Marcinho, do Sampaio Corrêa.

GOIÁS

Será que o treinador Pintado, do Goiás, agiu prudentemente ao buscar o zagueiro Matheus Salustiano, na Ferroviária?

Desembolsar R$ 200 mil para contar com o meia Élvis teria sido um bom negócio para o Goiás?

Era aquilo que rezava para rompimento de contrato do atleta com o Cuiabá, e o Goiás topou.

Da Ferroviária também chegou à capital goiana o atacante Bruno Mezenga, que marcou nove gols no último Paulistão.

Eis aí uma pequena radiografia daquilo que está por vir dos chamados postulantes ao acesso, além de Coritiba, Operário (PR) e Náutico que querem entrar no bolo.

E aí: dá pra encarar?

MEMÓRIAS DO FUTEBOL

Já disponibilizado o áudio da coluna Memórias do Futebol. Personagem enfocado é o ex-lateral-direito Léo Moura, que jogou bola profissionalmente até o final do ano passado, aos 42 anos de idade.

Fonte: Futebol Interior

GIRO DE NOTÍCIAS AO VIVO | SE INSCREVA NO CANAL E VENHA PARTICIPAR ENVIANDO AS SUAS MENSAGENS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui