#Tbt recorda gol de Thiago Galhardo pelo Botafogo em Juiz de Fora

0
34

O atacante Thiago Galhardo, do Internacional, vestiu pela primeira vez a camisa da seleção brasileira na terça-feira. Ele ficou no banco de reservas na vitória sobre o Uruguai, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022, após ser convocado pela primeira vez.

Por isso, o ge remexeu os arquivos para relembrar uma passagem marcante para a carreira do jogador em Juiz de Fora. Recém-contratado pelo Botafogo, Thiago Galhardo marcou o gol do Alvinegro no empate em 1 a 1, contra o América-MG, em amistoso disputado no Estádio Mário Helênio, em 2011. 

As boas atuações pelo Bangu, no Campeonato Carioca daquele ano, chamaram a atenção do Glorioso, que contratou o jogador, na época, meia-atacante. Sob a batuta de Caio Júnior, morto no acidente aéreo da delegação da Chapecoense em 2016, a equipe carioca se preparava para o Brasileirão. 

Diante do América-MG, Galhardo ganhou uma oportunidade entre os titulares (assista ao vídeo acima). Mesmo com o time perdendo o goleiro e ídolo Jefferson, expulso após cometer falta fora da área no início do jogo, o Botafogo abriu o placar em um lance de inspiração do reforço.

Galhardo recebeu pelo lado esquerdo do campo, cortou para a perna direita e bateu colocado, sem chances para o goleiro Flávio, aos 21 do primeiro tempo. China, de pênalti, deixou tudo igual para o Coelho, aos 33 da etapa final. 

O gol no amistoso mudou a rotina de Galhardo no clube. Durante entrevista ao Globo Esporte, alguns dias após o jogo em Juiz de Fora, o jogador revelou ter se assustado com a repercussão do dia a dia de um clube grande (assista ao vídeo abaixo).

América-MG e Botafogo empatam em amistoso no Mário Helênio, em Juiz de Fora

América-MG e Botafogo empatam em amistoso no Mário Helênio, em Juiz de Fora

Galhardo se disse surpreso com a movimentação intensa da imprensa nos dias de entrevista e com o assédio dos torcedores em Juiz de Fora após marcar com a camisa alvinegra.

Embora demonstrasse talento, Thiago Galhardo teve passagem apagada por General Severiano. Posteriormente, passou por clubes como Comercial, Boa Esporte, América-RN, Remo, Brasiliense, Madureira, Coritiba, RB Brasil e Ponte Preta, até chegar ao Albirex Nigata-JAP. 

No futebol japonês, o jogador chamou a atenção do Vasco, que o contratou. Depois de retornar ao Rio de Janeiro, Galhardo rumou para o Ceará, onde se destacou em 2019. 

O sucesso no Vozão mudou o patamar de Thiago Galhardo, que foi contratado pelo Internacional para a temporada 2020, quando passou a jogar também como atacante, tanto pelos lados quanto no comando. Galhardo é o artilheiro do Campeonato Brasileiro, com 15 gols, e lidera a estatística de assistências, com cinco no total. 

Thiago Galhardo foi convocado por Tite para integrar grupo da Seleção — Foto: Lucas Figueiredo / CBF

Thiago Galhardo foi convocado por Tite para integrar grupo da Seleção — Foto: Lucas Figueiredo / CBF 

O bom momento rendeu a Galhardo a oportunidade de integrar a delegação da Seleção nas Eliminatórias. Após lesão de Pedro, do Flamengo, o jogador colorado foi chamado por Tite e ficou como opção no banco de reservas diante do Uruguai, em Montevidéu. O jogador retornou ao Brasil e enfrentou o América-MG, pelo jogo de volta da Copa do Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui