Vítima da COVID-19, botafoguense Dom Elias recebe homenagem do Paysandu

0
38

O samba, principal ritmo do Brasil embala corações de norte a sul do país e em alguns casos, um carioca pode transformar o amor pelo Paysandu em forma de música que ficará eternizada na mente da Fiel Bicolor.

Conhecido por várias canções, o cantor e compositor Dom Elias faleceu no Rio de Janeiro (RJ), após complicações da covid-19 e recebeu inúmeras homenagens de parentes, amigos e fãs.

Declarado torcedor do Botafogo, Dom Elias também recebeu uma homenagem do Paysandu Sport Club que emitiu uma nota de pesar lamentando a morte do artista após lutar contra o covid-19. O compositor veio a óbito na última quarta-feira (26), aos 70 anos.

VEJA NOTA

O Paysandu Sport Club lamenta profundamente o falecimento de Dom Elias, autor e compositor de algumas músicas que homenageiam grandes momentos da história bicolor, como a conquista da Copa dos Campeões, em 2002.

Carioca que morou em Belém por alguns anos, Dom Elias se apaixonou pelo Paysandu, que o inspirou a criar o sucesso “É campeão paraense, da Copa do Norte, alegria de milhões de corações. É o Paysandu, Papão da Curuzu, campeão dos campeões!”.

O sambista foi vítima da Covid-19, aos 70 anos de idade. A instituição se solidariza com seus familiares e amigos.

Dom Elias ficou bastante conhecido pela torcida bicolor após compor a canção “Sambão da Libertadores”, em alusão a inédita participação do clube bicolor na competição sul-americana, em 2003.

Fonte: Diário Online

VEJA UMA ANÁLISE E FRASES DO CEO E SE INSCREVA NO CANAL

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui