Volante do Botafogo valoriza G4, mas mantém pés no chão: ‘A gente deixa de caçar e vira um alvo’

0
38

Demorou, mas o Botafogo voltou ao G4 da Série B do Brasileirão. Com a vitória sobre o Coritiba e o empate do Náutico com o Vitória, o Alvinegro voltou à zona de luxo do Campeonato Brasileiro. Em entrevista coletiva realizada nesta segunda-feira, Barreto valorizou a 4ª posição na tabela.

“A gente sabe que é um time grande da competição e temos um compromisso para subir. Mas é muito trabalho, manter os pés no chão, é jogo a jogo para que o resultado aconteça. Batalhamos bastante para chegar ao G4 e agora batalhar ainda mais para não perder essa vaga”, afirmou.

O volante, porém, evita qualquer tipo de deslumbramento: a intenção dele é continuar com o mesmo foco de antes para não deixar o G4. Barreto, porém, valorizou o triunfo sobre o Coritiba, a primeira derrota do Coxa no Couto Pereira na Série B.

“Foi o jogo que confirmou o time grande que somos. Dentro da competição nós somos muito grandes. Na casa do líder conseguimos uma grande partida, a vitória, que era o principal, mas temos que manter os pés no chão. Foi difícil chegar no G4 e temos que nos manter. Agora a gente deixa de caçar e vira um alvo, sempre entram pra ganhar de quem está no G4. Temos que levar a sério todos os dias e qualquer adversário”, completou.

Comemorar? Para Barreto, não há motivo para fazer festa. O meio-campista deixa as comemorações para os botafoguenses e deixa o recado: ainda tem muito campeonato pela frente.

“Euforia a gente deixa para o torcedor. Procuramos quando a fase não está muito legal não dar ouvido para o que vem de fora e quando a fase está boa não nos empolgamos tanto. Os torcedores comemoram e a gente trabalha no dia a dia para poder comemorar só no fim do ano”, colocou.

Fonte: O Dia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui