Walmer aponta requisitos do estatuto e contesta Durcesio em pleito do Bota

0
44

A eleição do Botafogo ganhou mais um capítulo nos bastidores hoje (30). A “Chapa Verde – O Mais Tradicional”, liderada por Walmer Machado, pediu a impugnação da chapa “Botafogo de Todos”, encabeçada por Durcesio Mello. No documento apresentado há a alegação de que candidato não atendeu às condições estabelecidas pelo estatuto e também um “conflito de interesse” pelo fato do filho de Durcesio ser um dos gestores do Resende.

Vale ressaltar que, ontem (29), a chapa de Durcesio já havia pedido a impugnação da chapa de Walmer apontando irregularidades na lista de inscritos pelo grupo, como o fato de ter o nome de pessoas já mortas.

A informação sobre o pedido de Walter foi publicada, inicialmente, pelo Lance! e confirmado pelo UOL Esporte.

Apontando que os pedidos têm amparo nos artigos 34, II, 37 e 38, VIII das leis alvinegras, pede-se a impugnação, dentre outros motivos, por “por ausência dos requisitos necessários para assunção do cargo, dentre os quais, o seu nome (CPF) constante no Serasa e no SPC, gestor, sócio, diretor e administrador de uma S/A (LRF Empreendimentos e Participações Sociedade Anônima) com 103 títulos protestados, Execuções Cíveis, Fiscais, Trabalhistas, com dívidas milionárias, em tese, falida”.

Ainda no documento, se ressalta que “Pedro Mello (filho do candidato Durcesio Andrade Mello) é um dos gestores do Resende Futebol Clube, clube que atualmente disputa a primeira divisão do Campeonato Carioca – e é um dos adversários do Botafogo de Futebol e Regatas” e há a afirmação de que “o que se pretende evitar é a transformação do Botafogo de Futebol e Regatas como vitrine de jogadores do Resende, haja vista a relação familiar que envolve o candidato Durcesio Andrade Mello – e a gestão do Resende Futebol Clube”.

Fonte: UOL

FalaGlorioso.Club | Loja com mais de 100 Produtos do Botafogo. Acesse!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui